Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Pfizer vai atrasar em 3 dias entrega das primeiras 100 milhões de doses ao Brasil

Entregas referentes ao 1º contrato terminam no próximo domingo (3), e não no fim de setembro como anunciado várias vezes
Pfizer vai atrasar em 3 dias entrega das primeiras 100 milhões de doses ao Brasil
Foto: Myke Sena/MS

A Pfizer Brasil admitiu nesta segunda (27) que vai terminar apenas no próximo domingo (3) a entrega das primeiras 100 milhões de doses de sua vacina contra a Covid.

Em comunicado à imprensa, a empresa informou que vai entregar mais 10,5 milhões de doses entre quarta (29) e domingo (3), em nove voos que sairão de Miami com destino ao Aeroporto de Viracopos. Com as novas remessas, chegará a 100.001.070 o total de doses de sua vacina entregues ao Brasil.

As novas remessas vão encerrar, com três dias de atraso, o primeiro contrato fechado com o Ministério da Saúde, que prevê a entrega de 100 milhões de doses até o fim de setembro – ou seja, até quinta (30).

Na administração Queiroga, o ministério assinou um segundo contrato, para a Pfizer entregar outros 100 milhões de doses até o fim do ano.

Segundo a Pfizer, “[p]elo fato da última semana de setembro se encerrar numa quinta-feira (dia 30) os últimos lotes previstos para o mês chegarão até o dia 3 de outubro”.

A empresa alega que “[i]sso não representa nenhum atraso ou comprometimento na entrega da vacina. Trata-se somente de questões de planejamento semanal de logística”.

Em várias notas à imprensa, a empresa prometeu a entrega de “100 milhões de vacinas até o final do terceiro trimestre de 2021”.

Leia mais:

Após celebrar 100 milhões de doses entregues pelo Butantan, Saúde notifica Butantan por não entregar 100 milhões de doses

Queiroga e Doria ‘pedalam’ conta com doses suspensas de Coronavac para celebrar marcos

Mais notícias
TOPO