PGR: áudios de Lula devem ficar com Moro

Em parecer encaminhado ao STF, Rodrigo Janot defende que os áudios de Lula fiquem, sim, com Sérgio Moro, informa o Estadão.

Durante o plantão do recesso, Ricardo Lewandowski determinou, sozinho e liminarmente, que Moro separasse das investigações as gravações de Lula que envolviam autoridades com foro privilegiado, como pediu a defesa do petista.

Faça o primeiro comentário