PGR cobra 4,4 milhões e exoneração de Aroldo Cedraz do TCU

Na denúncia apresentada há pouco ao STF, a PGR também cobra o ressarcimento aos cofres públicos do valor mínimo de R$ 4,4 milhões – equivalente à propina cobrada por Aroldo e Tiago Cedraz para ajudar a UTC.

Raquel Dodge também requereu a decretação da perda da função pública.

O que estão escondendo de você no 2º turno? Confira AQUI

Temas relacionados:

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Ler mais 15 comentários