ACESSE

PGR concorda em prorrogar inquérito sobre Temer

Telegram

Raquel Dodge concordou com o pedido da PF para que seja estendido por mais 60 dias o inquérito que investiga Michel Temer, baseado em delações premiadas de ex-executivos da Odebrecht.

O caso se refere a um jantar no Palácio do Jaburu em maio de 2014, em que se teria acertado o repasse ilícito de R$ 10 milhões ao MDB, quando Temer ainda era o vice de Dilma Rousseff. Eliseu Padilha e Moreira Franco também são investigados.

O parecer da PGR foi encaminhado a Edson Fachin, relator da Lava Jato no STF, a quem cabe decidir sobre a prorrogação.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 10 comentários