Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

PGR contraria PF e pede arquivamento de inquérito contra líder de Bolsonaro no Senado

Acusado de receber propina de empreiteiras, Fernando Bezerra foi indiciado pela PF em junho; para sub-PGR Lindôra Araújo, não há provas contra o senador
PGR contraria PF e pede arquivamento de inquérito contra líder de Bolsonaro no Senado
Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

A PGR contrariou relatório da Polícia Federal e pediu o arquivamento de um inquérito contra o líder do governo Bolsonaro no Senado, Fernando Bezerra, informa O Globo.

Em junho, a PF havia indiciado o senador do MDB de Pernambuco pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro, com base no depoimento de delatores.

O relatório da delegada Andréa Pinho Albuquerque da Cunha acusava Bezerra e o filho, o deputado Fernando Coelho Filho, de terem recebido “direta e indiretamente” cerca de R$ 10,4 milhões em propina das empreiteiras OAS, Barbosa Mello e Constremac/Mendes Júnior, na época em que o senador era ministro da Integração Nacional de Dilma Rousseff.

Nesta quarta (29), a PGR enviou manifestação ao STF pedindo o arquivamento do caso e alegando não existirem provas contra o líder de Jair Bolsonaro no Senado.

“Não existem elementos para oferecimento de denúncia, com a instauração de ação penal, em desfavor de Fernando Bezerra Coelho”, escreveu a sub-PGR Lindôra Araújo, responsável pelos casos da Lava Jato na equipe de Augusto Aras.

Mais notícias
TOPO