PGR dá aval para prorrogação de inquérito de Dirceu e filho

Em manifestação ao STF, Raquel Dodge concordou com a prorrogação por 60 dias do inquérito que apura pagamento de propina da Odebrecht para a campanha de Zeca Dirceu, a pedido do pai, o ex-ministro José Dirceu.

A empreiteira repassou a Zeca de forma ilícita R$ 250 mil em 2010 e 2014, segundo o delator Fernando Ayres Santos Reis.

Comentários

  • antonio -

    PGR se lembrou que tem que pegar corruptos orá

  • Vicente -

    Eu dúvido que foram "somente" 250 mil.

  • claudio -

    Filho de peixe... Esses socialistas, só maquinando para corromper as instituições brasileiras... Vai pra Cuba, Dirceu!

Ler 18 comentários