PGR é contra mandar investigação de Renan por corrupção e lavagem para Justiça eleitoral

Telegram

A PGR enviou manifestação ao STF contra trocar a investigação de senadores do MDB, como Eunício Oliveira e Renan Calheiros, de corrupção e lavagem de dinheiro para crime eleitoral, informa o Jota, lembrando que apurações na esfera eleitoral produzem penas mais brandas.

Trata-se do inquérito que investiga a suposta doação do grupo J&F de R$ 40 milhões na campanha de 2014.

Depois da absolvição da chapa Dilma-Temer por excesso de provas, todo investigado quer um TSE para chamar de seu.

Renan promete a reforma da Previdência — e barrar os planos de Sergio Moro. Leia aqui

PROPINA DE 1 MILHÃO PARA RENAN FOI ENTREGUE A MOTORISTA DE MILTON LYRA, DIZ PGR

PGR pede mais 60 dias para inquérito sobre Renan

Comentários

  • Massaaki -

    Enterrem o Renan e virem a página. Brasil novo, lideranças novas. E fora PT, esquerdas e o velho patrimonialismo (este é de todo lado, não tem ideologia, é como o jeitinho e a malandragem).

  • Jorge -

    Se depender do STF até assassinato é crime eleitoral.

  • Luciano -

    Renan tem mais motivos pra ser preso do que o mar pra continuar salgado. Mas a PGR fica ali..., olhando... aí vem o recesso..., depois as férias... e aí chega o outro recesso e então... a prescri

Ler 28 comentários