PGR identifica organizadores de atos antidemocráticos, diz jornal

PGR identifica organizadores de atos antidemocráticos, diz jornal
Reprodução/redes sociais

A Procuradoria-Geral da República informou a Alexandre de Moraes ter identificado responsáveis pela organização de “atos antidemocráticos”, informa O Globo.

Agora, o órgão quer obter a quebra de sigilos bancário e fiscal deles para chegar aos financiadores de protestos, ocorridos no ano passado, contra o STF e o Congresso.

Os nomes são mantidos em sigilo, mas incluem pessoas que contrataram carros de som para manifestações em Brasília e que atiraram fogos de artifício contra o edifício do tribunal.

A suspeita é de que existam parlamentares por trás dos atos.

A PGR divulgou a seguinte nota sobre o caso:

“Quando o Ministério Público Federal chega a uma conclusão sobre a autoria de crimes em investigação é apresentada denúncia à Justiça. Nesses casos, a divulgação é feita por meio de nota oficial.

O MPF mantém reserva quanto ao teor das apurações no INQ 4828 em consideração ao sigilo legal, à dignidade e à a presunção de não culpabilidade dos investigados e para não atrapalhar o trabalho investigativo.”

Leia mais: Assine a Crusoé, a revista que não tem medo de apontar os verdadeiros culpados pelas mazelas brasileiras.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO