ACESSE

PGR interino no plenário

Telegram

Alcides Martins, o procurador-geral interino, também está no plenário do STF e vai defender a manutenção de condenações em que as alegações finais foram apresentadas no mesmo prazo.

“O réu delatado teve oportunidade de rebater todos os fatos que lhe foram imputados ao longo do processo, e não foi surpreendido com nenhum fato novo nas alegações finais apresentadas pelo réu delator”, escreveu em memorial entregue ontem ao STF.

Os ministros analisam o caso de Márcio de Almeida Ferreira, ex-gerente de Empreendimentos da Petrobras condenado a 10 anos e três meses de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

PF confirma: Greenwald falou com preso por invasão do Telegram. SAIBA TUDO

Comentários

  • Roseane -

    Gostei desse interino. Parece melhor que o titular.

  • Ryu -

    Mantenha o interino.

Ler 2 comentários