PGR não decide sobre prorrogação da Lava Jato de Curitiba

Roberson Pozzobon, um dos procuradores da Lava Jato de Curitiba, queixou-se de Augusto Aras não ter até agora se posicionado sobre a prorrogação da força-tarefa –o prazo atual termina amanhã, dia 10.

“Não fosse a liminar concedida pela conselheira Maria Caetana (CSMPF), que prorrogou a FT por 1 ano, a incerteza quanto à continuidade dos trabalhos seria absoluta no último dia do prazo”, escreveu o procurador no Twitter.

Resta saber se, depois da Operação E$quema S deflagrada hoje pela Lava Jato do Rio, a de Curitiba vai sobreviver.

Leia mais: Exclusivo: O 'blog' do Aras
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 18 comentários
TOPO