PGR pede arquivamento de inquérito sobre Sarney

Raquel Dodge pediu hoje ao STF o arquivamento de um inquérito que investigava José Sarney por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, informa O Globo.

Segundo a PGR, o crime já está prescrito –como o ex-senador tem mais de 70 anos, por lei o prazo prescricional dos crimes é reduzido.

Para Dodge, a acusação de corrupção prescreveu em 2016, e a de lavagem de dinheiro, em 2018. Caberá a Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo, decidir.

Sarney e outros integrantes da cúpula do MDB foram denunciados por Rodrigo Janot, antecessor de Dodge, por suspeitas de desvio de dinheiro da Transpetro, subsidiária da Petrobras.

Este é o assunto desta semana. E da próxima semana. Mas você precisa saber de todos detalhes AGORA

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. Dr. Moro tem toda razão. Toda nossa legislação penal precisa ser revista. Acabar com esses privilégios para idosos e falsos “doentes”. Não quero nem saber – roubou vai para cadeia e fica lá…

Ler mais 41 comentários
  1. Dr. Moro tem toda razão. Toda nossa legislação penal precisa ser revista. Acabar com esses privilégios para idosos e falsos “doentes”. Não quero nem saber – roubou vai para cadeia e fica lá…

  2. Essa (in) justiça no Brasil é uma VERGONHA, e depois alguns membros da injustiça ficam indignados por serem cobrados em público, se fizessem sua obrigação em tempo, crimes não prescreveriam.

  3. Deixa transparecer o fato de a PGR e o STF colocarem os Senadores num coleira: não se intrometa que tudo acaba bem. E velho demais para cumprir pena não pode lidar com dinheiro público. Fato.

  4. Este é a prova de que não adianta aguardar a justiça divina. Se queremos justiça, nós é que devemos correr atrás. Parafraseando Burke, para que o mal prevaleça, basta que os bons cruzem os bra