PGR pede a Fachin para investigar contador de Dudu da Fonte

Raquel Dodge pediu autorização a Edson Fachin para investigar Elias Manoel Silva, apontado pela PF como contador de uma empresa do deputado Dudu da Fonte, informa o G1.

O deputado do PP pernambucano foi denunciado pela PGR. Ele é acusado de obstrução de Justiça no caso da suposta compra do silêncio de uma testemunha ligada ao PP, José Expedito Almeida –ex-assessor do presidente da sigla, Ciro Nogueira, também denunciado.

A suspeita é de que o contador tenha repassado o dinheiro entregue à testemunha – a entrega foi filmada em “ação controlada” de investigadores da Lava Jato.

Elias Silva falou à TV Globo e negou ter cometido irregularidades. “Não sei nem do que se trata, deve ter algum equívoco.”

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. Claudio disse:

    UGFyZWNlIHF1ZSBhIGhvcmEgZG8gbmFuaWNvIGRhIGztbmd1YSBwcmVzYSBlc3ThIGNoZWdhbmRvLi4u

Ler comentários
  1. Claudio disse:

    QSBob3JhIGRvIG5hbmljbyBkYSBs7W5ndWEgcHJlc2EgZXN04SBjaGVnYW5kby4uLg==

  2. Ridendo disse:

    Q2FkZWlhIG5lc3NlIGxhZHLjbyBlIG5vIHBhdHLjbyBkZWxlIHRhbWLpbS4NCkNoZWdhIGRlIHN1c3RlbnRhciBiYW5kaWRvcy4NClbjbyB0cmFiYWxoYXIgdmFnYWJ1bmRvcyE=