Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

PGR pede a Lewandowski que não arquive suspeita de venda de sentenças

Raquel Dodge enviou a Ricardo Lewandowski um pedido de reconsideração do arquivamento da investigação sobre suposto esquema de compra de decisões no STJ pela JBS.

O caso foi aberto com base em mensagens de whatsapp, áudios e emails entre Francisco de Assis e Silva, diretor jurídico da J&F, e a advogada Renata Gerusa Prado de Araújo, que sugerem a compra de decisões judiciais.

Nas mensagens, são mencionados processos que estavam com os ministros Napoleão Maia, Mauro Campbell e João Otávio Noronha, do STJ, que supostamente teriam recebido pagamentos em espécie para favorecer o grupo dos irmãos Joesley e Wesley.
Há também um diálogo em que Renata conta que recebeu apelos de Dalide Barbosa Alves Corrêa, diretora do IDP, que estaria preocupada com alguma informação comprometedora contra Gilmar Mendes.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO