PGR pede que inquérito sobre Renan vá para Justiça Eleitoral

PGR pede que inquérito sobre Renan vá para Justiça Eleitoral
Foto: Agência Senado

A subprocuradora-geral Lindôra Araújo pediu ao STF que remeta ao Tribunal Regional Eleitoral de Alagoas a investigação sobre o suposto repasse de R$ 500 mil da Odebrecht para o senador Renan Calheiros, diz a Crusoé.

A investigação apontou que houve doação eleitoral não-contabilizada ao parlamentar pelo grupo Odebrecht, no valor de 500 mil reais, registrada em planilha relativa ao ano de 2010, em que consta o pagamento, as datas e o nome do beneficiário, que, por si só, materializa o crime de falsidade ideológica eleitoral”, escreveu Lindôra.

Leia aqui a íntegra da nota.

Leia mais: Quem são os integrantes do primeiro escalão de Joe Biden, cuja composição foi marcada pela previsibilidade.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO