Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

PGR pediu a prisão de Lira

PGR pediu a prisão de Lira
Foto: Cézar Feitoza/O Antagonista

Raquel Dodge, em 2018, pediu a prisão de Arthur Lira, o candidato bolsonarista à presidência da Câmara.

A PGR acusou-o de ter comandado um esquema de rachadinha em Alagoas e denunciou-o pelos crimes de peculato e lavagem de dinheiro.

Diz o Estadão:

“A organização foi alvo da Operação Taturana, da Polícia Federal, em 2007. Os investigadores apontaram que o grupo usou o dinheiro desviado para comprar carros, apartamentos e terrenos (…).

A responsabilidade de Lira no esquema é detalhada em denúncia apresentada pela PGR (…).

‘No cumprimento dos mandados de busca e apreensão na residência de Arthur Lira foi apreendida uma planilha denominada Cheques em aberto a vencer, contendo relação numérica de 566 cheques, cada um no valor de R$ 2.360,66, com valor total de R$ 1.336.133,56’, destaca trecho da denúncia.

Na denúncia criminal, Dodge pediu a prisão e a perda da função pública de Lira.”

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO