PGR recorre ao STF contra soltura de João Rodrigues

Raquel Dodge recorreu hoje ao STF contra a decisão do STJ que determinou a soltura de João Rodrigues, informa o G1.

Acusado de fraude e dispensa de licitação quando era prefeito de Pinhalzinho (SC), o deputado do PSD estava preso por ordem do STF, mas tinha autorização para trabalhar no Congresso.

Uma liminar concedida na terça por Rogério Schietti Cruz, do STJ, não apenas soltou o parlamentar como suspendeu os efeitos da condenação –ou seja, sua inelegibilidade, o que permite a Rodrigues concorrer nas eleições deste ano.

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 12 comentários
  1. Certa feita, um ministro sério de uma dessas cortes brasilienses declaro que dos 33 ministros do STJ, 31 deveriam estar em prisão de segurança máxima e dois em casa com tornozeleira eletrônica.

  2. Vaaaiii Brasil!!! Bora liberar todo mundo, acabar com as prisões, com as condenações, com o judiciário, com as polícias, forças armadas… vamos deixar cada um por si. Esse país vai funcionar melhor.