Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

PGR reitera pedido para STF rejeitar denúncia contra Lira

O vice-PGR, Humberto Jacques de Medeiros, afirma que o órgão gerou um "ônus processual superlativo" ao deputado ao denunciá-lo no ano passado
PGR reitera pedido para STF rejeitar denúncia contra Lira
Foto: Gil Ferreira/Agência CNJ

A PGR apresentou nesta quarta-feira (22) um pedido para que o STF rejeite uma denúncia apresentada contra o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-PI).

Em junho do ano passado, Lira foi acusado de corrupção passiva pelo suposto recebimento de propina em troca do apoio do PP à manutenção de Paulo Roberto Costa na diretoria da Petrobras.

Três meses depois, em setembro, a própria subprocuradora-geral Lindôra Araújo pediu que a denúncia fosse rejeitada por suposta falta de provas.

No último dia 17, o ministro Luiz Edson Fachin cobrou um novo posicionamento da PGR.

Em manifestação enviada ao ministro, o vice-PGR, Humberto Jacques de Medeiros, afirma que “compreende ter gerado” a Lira um “ônus processual superlativo” e, por isso, concorda com o pedido feito pela defesa do deputado federal para o arquivamento da denúncia contra ele “é dever que se impõe”.

“A dissonância entre as narrativas dos colaboradores Alberto Youssef e Carlos Alexandre de Souza Rocha ao destino dos valores ilícitos pagos pela construtora Queiroz Galvão e não constar na planilha de controle do ‘caixa de propina’ do Partido Progressista o nome do parlamentar embargante, acabou revelando fragilidade em seu elemento probatório material de sustentação”, escreveu Jacques.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO