Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

PGR se manifesta a favor de prisão domiciliar para Jefferson

Parecer assinado por Lindôra Araújo e encaminhado a Edson Fachin afirma que a domiciliar é 'imprescindível' para 'tratamento médico' do presidente do PTB
PGR se manifesta a favor de prisão domiciliar para Jefferson
Reprodução

A PGR se manifestou nesta sexta-feira, 27, a favor da conversão da prisão preventiva de Roberto Jefferson em domiciliar. O presidente do PTB e ex-deputado foi preso no último dia 13, sob a acusação de participar de movimentos antidemocráticos.

A chefia do MPF também recomendou que o aliado de Jair Bolsonaro use tornozeleira eletrônica.

Assinado pela sub-procuradora-geral Lindôra Araújo, o parecer foi encaminhado a Edson Fachin, relator no STF de um pedido feito pela defesa do presidente do PTB.

Para a PGR, ficou comprovada “a imprescindibilidade da prisão domiciliar para o indispensável tratamento médico incompatível com o sistema prisional”.

Na terça (24), durante sua sabatina na CCJ do Senado —que decidiu por sua recondução ao cargo de procurador-geral da República—, Augusto Aras admitiu que tanto Jefferson como Daniel Silveira, também preso, fizeram “ameaças reais” ao Supremo.

Mais notícias
TOPO