PGR se manifesta contra pedido de Flávio para anular investigação da rachadinha

PGR se manifesta contra pedido de Flávio para anular investigação da rachadinha
Foto: Adriano Machado/Crusoé

O subprocurador Roberto Luís Oppermann Thomé opinou contra um pedido de Flávio Bolsonaro ao Superior Tribunal de Justiça para anular a investigação da rachadinha.

A defesa do senador argumentou que a decisão de junho do Tribunal de Justiça do Rio, que deu a ele foro privilegiado no caso, deveria também invalidar buscas, quebras de sigilo e demais diligências autorizadas pelo juiz de primeira instância Flávio Itabaiana.

No julgamento que transferiu a investigação para o Órgão Especial do TJ-RJ, a maioria dos desembargadores decidiu manter a validade das provas coletadas na investigação.

“O veredito acha-se portanto em harmonia com patente e iterativa jurisprudência pátria sobre o tema em casos similares quanto a não ensejar o reconhecimento de incompetência do juízo por si só nulidade das decisões cautelares, já que a autoridade competente ao receber o feito pode(rá) ratificar tais decisões; além disso, a defesa não demonstrou prejuízo algum a autorizar pretenso reconhecimento de suposta e alegada nulidade processual”, afirmou Thomé no parecer enviado ao STJ.

Na semana passada, o ministro Félix Fischer, relator do habeas corpus no STJ, já havia negado um pedido de liminar. Agora, o caso vai a julgamento na Quinta Turma do tribunal.

Leia mais: O "Anjo" usou um jet-ski para entrar pelos fundos do Palácio da Alvorada para se encontrar secretamente com Bolsonaro
Mais notícias
Mais lidas
  1. "Mãe"

  2. "Lockdown imediato, nacional, de 21 dias"

  3. Vaza, Guedes

  4. Moro: "Para a frustração dos corruptos e de seus amigos"

  5. "O BOBO DA CORTE"

Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 39 comentários
TOPO