Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Piloto de Fernandinho Beira-Mar tem licença para garimpar na Amazônia

Traficantes receberam autorização do Estado para explorar áreas que equivalem a 800 campos de futebol; Ministério de Minas Energia 'lava as mãos'
Piloto de Fernandinho Beira-Mar tem licença para garimpar na Amazônia
Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

O Globo estampa em sua manchete deste sábado uma notícia assustadora: traficantes ganharam licença do Estado para garimpar na Amazônia.

É o narcogarimpo brasileiro.

Segundo a reportagem, alvos de recentes operações da Polícia Federal e apontados como chefes de organizações criminosas ligadas ao tráfico de drogas receberam autorização para explorar ouro como “garimpeiros artesanais” em áreas que equivalem a 800 campos de futebol.

Um deles é Silvio Berri Júnior, que ficou conhecido nos anos 2000 por ser o principal piloto de Fernandinho Beira-Mar. No fim do ano passado, Júnior foi alvo da Operação Enterprise — ele voltou ao radar da PF por operar um esquema de tráfico chefiado por um ex-major da PM de São Paulo.

Outro que tem autorização para garimpar é Heverton Soares, principal alvo da Operação ‘Narcos Gold’, deflagrada no início deste mês.

Ainda de acordo com O Globo, as permissões foram efetivadas em 2020 e em 2021 pela Agência Nacional de Mineração (ANM), ligada ao Ministério de Minas Energia.

Em nota, a pasta alegou não ter a competência de “pesquisar a vida pregressa, judicial ou afins” de pessoas que pedem para explorar a Amazônia.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....