PIMENTA LEVA PITO E LÍDERES DECIDEM “AJUSTAR FOCO” DA CPI

Terminou há pouco na Câmara a reunião de líderes de partidos com Rodrigo Maia, cujo assunto principal foi a CPI da Lava Jato.

Do início ao fim, Paulo Pimenta, líder do PT, levou pito dos colegas, que o culparam pelo impacto negativo da repercussão do episódio nas tentativas de reeleição.

Houve consenso de que “a ementa do requerimento dizia uma coisa e a justificativa era outra”. Maia lembrou que o próprio Pimenta falou em Lava Jato em entrevistas sobre o tema — até para a agência de notícias da Câmara.

Maia também pontuou que faziam sentido as suspeitas de que Pimenta teria modificado o texto do pedido da CPI após ter conseguido as assinaturas necessárias.

Pimenta, então, pediu para que o texto fosse “ajustado”, deixando claro que o objetivo da CPI será investigar especificamente o advogado Antônio Figueiredo Basto — ontem, mostramos AQUI que os fatos citados no requerimento são anteriores à Lava Jato. Os demais líderes concordaram que, se for para investigar o que chamaram de “indústria das delações”, tudo bem.

Maia ficou de checar com os técnicos da Casa as possibilidades para “ajustar o foco” do requerimento. Enquanto isso, o grupo da debandada continuará recolhendo assinaturas para garantir o indeferimento do pedido original.

A CPI para matar a Lava Jato vai ter que arrumar outro foco.

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. mas que se mantenha os nomes dos autores do pdido desta cpi , bem nos cabeçalhos das listas de candidatos corruptos e cumplices de corruptos , e qm setembro vamos divulga-las nas redes sociais .

Ler mais 31 comentários
  1. mas que se mantenha os nomes dos autores do pdido desta cpi , bem nos cabeçalhos das listas de candidatos corruptos e cumplices de corruptos , e qm setembro vamos divulga-las nas redes sociais .

  2. O único remédio para o Brasil chama-se Pena de morte pra todos os PTralhas, Comunistas e aliados, pois esses FDP não são capazes de fazer qualquer coisa pelo País, a não ser roubos, tráficos, invasões, mentiras, greves e tentar acabar com quem quer fazer o melhor !

  3. Não existe “industria da delação”; existe é muita corrupção na política brasileira. Querer inventar uma “industria” para prevenir que não seja delatado é covardia desses lixos.

  4. ‪Então, nesse caso, não caberia um movimento popular de pressão para os que estejam “ se fingindo de morto” se posicionem, ou seja, convocar e divulgar os parlamentares para que assinem a retirada? #NAOaCPIdaLavaJato‬

  5. São todos uns sem-vergonha!
    “Pito”?!?
    O cara, disseram, trocou o texto e expôs 190 palhaços à ira popular às vésperas das eleições, e só leva “pito” desses mesmos palhaços? Isso é que é confiar na fraude das urnas, hein?

  6. CPI serve pra quê? Palanque pra bandidos tentar desqualificar quem trabalha. Nada mais. Será que não tem nada mais importante e produtivo para o país do que investigar um advogado bandido? Isso a polícia faz.

  7. Piada este congresso.
    Em vez de por em pauta e votar as reformas que o pais necessita (previdência, tributária/fiscal, etc), estão tentando é se livrar da cadeia e com jogo de cena e desculpas esfarrapadas, e ainda perda de tempo e recursos da população.

  8. O golpe fatal na Lava Jato. Depois de instalada qualquer CPI sai do controle pela efusão de interesses. Quem dúvida disso? Então, lógico que a CPI é para afundar a Lava Jato e criar um emanharado jurídico impossível de condenar qualquer parlamentar ou dirigente político. Simplíssimo !!

  9. Esta CPI não faz sentido algum,vai gastar muito dinheiro do contribuinte a toa,ontem Wadih Damous aquele advogado de porta de cadeia disse q quer investigar o Diogo,vejam como petistas são imundos,tem o foragido TACLA Duran também q eles querem ouvir, mas o bandido é foragido e não pode voltar aqui.

  10. Apesar de – e principlamente por – não ver isto refletido na grande impresa, entendo que o refluxo dos parlamentares se deu graças à denúncia d’O Antagonista. Taí um exemplo prático da força deste veículoe do medo que os políticos têm da opinião pública. Parabéns, Antagonistas. O Congresso lê vocês

  11. Olha só a mentira primária, coisa de criança. Para investigar UM advogado, é necessário CPI? A lei não dispõe de nenhum outro dispositivo? A nossa sorte é que petista é BURRO de nascença.

  12. Se quiserem mesmo mostrar foco, tem que investigar as supostas negociatas envolvendo tribunais superiores, lobistas, e institutos de comércio e de educação. O resto é balela de autodefesa.