Pimenta promete processar primo que o acusa de operar um esquema de fraude

Telegram

Como noticiamos mais cedo, o petista Paulo Pimenta foi acusado por seu primo de operar um esquema de fraude na fronteira do Rio Grande do Sul que teria lesado produtores rurais da cidade de São Borja em pelo menos 12 milhões de reais.

O deputado disse que vai processar civil e criminalmente seu primo e todos os que o acusam.

“Infelizmente, sou vítima de estelionatários que tentam escapar de seus crimes usando meu nome. Meus sigilos estão à disposição das autoridades e estou pronto para ser ouvido sempre que for chamado”, afirmou ele, em nota enviada a O Antagonista.

Bolsonaro conseguirá 'despetizar' a máquina pública? SAIBA MAIS AQUI

Segundo Pimenta, esse assunto surgiu em 2009. “Existe um inquérito que ouviu muitas pessoas, quebrou sigilos bancário e telefone e nunca foi encontrado nada que me vincule.”

Comentários

  • ADRIANO -

    Se esse conteúdo dissesse respeito a alguém da família Bolsonaro, os Antas estariam fazendo um gigantesco e ininterrupto estardalhaço. Sendo um petista, limitam-se a dar voz à explicação do can

  • Geraldo -

    Se queria tanto visitar o Lula, façamos a vontade dele. Cana para esse cretino já

  • majguerini@uol.com.b -

    Mais esperto do que Flavio Bolsonaro, que botava boa parte do 'dízimo' em sua conta. Precisa de umas aulas, ou confia demais na impunidade!

Ler 138 comentários