PIMENTEL DÁ GOLPE NA ASSEMBLEIA MINEIRA

STJ decidiu que, para Fernando Pimentel ser processado pelos crimes descobertos pela PF e o MP, é necessário que a Assembleia Legislativa mineira dê permissão.

Menos de 24 depois de a Assembleia receber o ofício do STJ, Pimentel e seus acólitos deram um golpe: na caluda, trocaram integrantes da Comissão de Constituição e Justiça da Casa, onde o processo tramitará antes de chegar ao plenário. Se chegar.

Durval Ângelo, Rogério Correia e Agostinho Patrus, todos da confiança de Pimentel, agora podem votar contra o parecer da Comissão.

O que está acontecendo em Minas Gerais é uma vergonha que supera os largos limites nacionais.