Pimentel quebrou Minas de novo

Fernando Pimentel sancionou em 2015 uma lei que lhe permitiu usar recursos de depósitos judiciais e chegou a pedir a prisão de gerentes do Banco do Brasil que se recusaram a liberar cerca de R$ 3 bilhões.

No documento abaixo, o gerente de uma agência de São Lourenço explica ao juiz que não será possível cumprir o alvará de resgate de um depósito, porque o dinheiro acabou.

Faça o primeiro comentário