Pimentel vira réu em mais uma ação na Justiça Eleitoral

Fernando Pimentel virou réu em mais uma ação no TRE de Minas Gerais.

Desta vez, trata-se do caso em que o petista é acusado de, na campanha de 2010, ter recebido 1,5 milhão de reais por meio de doações ocultas.

Os pagamentos, “sem registro contábil ou mediante omissão de recibos eleitorais”, foram feitos pelo Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Belo Horizonte e por uma empresa de construção civil.

Pimentel será investigado por falsidade ideológica.

Comentários

  • Nilson -

    Ele continua. solto? Tem gente em Brasília cuidando disso? E Carolina Oliveira, Marco Rezende e Paulo Moura Ramos quando irão para xilindró?

  • mara -

    Já deveria estar preso há muito tempo !!!É um ladrão/ corrupto. O que falta ???? Os seus amigos desembargadores o protegem. Uma vergonha !!!!

  • Illa -

    Blá blá blá!O que adianta isso?Ele está de mudança para a Espanha!Recolheram o passaporte dele e da digníssima esposa?Arregaçou com o estado de MG e não vai dar em nada!

Ler 31 comentários