Pizzolato vai trabalhar durante o dia

A Justiça do Distrito Federal autorizou que Henrique Pizzolato, preso no mensalão, trabalhe durante o dia.

Ele conseguiu uma vaguinha em uma das empresas de seu companheiro de cela, Luiz Estevão — relembre aqui.

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 8 comentários
  1. Luiz Estevão ainda tem empresas depois de tudo que roubou? Não devolveu tudo? Isso é inaceitavel! E ainda vsi acobertar outro da mesma laia! O STF precisa tomar vergonha na cara e manter esses ladrões do povo na cadeia!

  2. Parte da minha família, com curso superior, pós, dominio de lingua estrangeira, etc, já se mudou para a EU. Nunca pensei tão seriamente em fazer o mesmo. Seguramente farei isso se algum deles, PT/PMDB/PSDB/DEM/PP se mantiverem no poder. Lula ou Dória, especialmente.
    Chega! Basta! Minha paciência esgotou-se! A esperança já se foi e há décadas.

  3. Que fofo! Se ele for também voluntário, poderá juntar pontos pra concurso público e, assim, escrever um caso de sucesso da prisão nacional. Manda ver, meu chapa! A Marcela acredita em você!