ACESSE

Planalto deixa processo contra Celso de Mello em 2º plano

Telegram

Em reunião ministerial de última hora, Jair Bolsonaro decidiu deixar em segundo plano a abertura de um processo contra Celso de Mello por crime de abuso de autoridade.

A ação era defendida pela ala ideológica do Planalto, mas a área técnica, comandada por José Levi, André Mendonça e Jorge Oliveira, aconselhou Bolsonaro a não seguir com a ideia, por ora.

A resposta ao STF é desenhada neste momento, no Palácio da Alvorada. Como a Crusoé antecipou, o governo prepara um habeas corpus preventivo para evitar uma eventual prisão de Abraham Weintraub, caso ele não preste depoimento à PF, como determinou Alexandre de Moraes.

O Planalto também estuda fazer uma nota em crítica ao inquérito do STF.

Leia também: Quais as chances de Bolsonaro ser afastado?

Comentários

  • Maria -

    Que vergonhoso, sorte do Moro que está fora dessa sujeira.

  • Rosangela -

    Antagonistas, temos um golpe em curso no Brasil? Sugestão de pauta para a próxima edição da Crusoé.

  • Flavio -

    E covid19 para ultimo plano

Ler 117 comentários