Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Planalto e Saúde brincam de 'passa ou repassa' sobre evento 'Brasil Vencendo a Covid-19'

Planalto e Saúde brincam de passa ou repassa sobre evento Brasil Vencendo a Covid-19
Foto: Marcos Corrêa/PR

O Palácio do Planalto e o Ministério da Saúde atribuem um ao outro a responsabilidade pela lista de presença do evento ‘Brasil vencendo a Covid-19’, realizado no fim de agosto.

No começo de setembro, O Antagonista pediu à Presidência, via Lei de Acesso à Informação, a lista de presença dos convidados do encontro.

O site oficial do governo federal alegou que os profissionais “fazem parte de um grupo de 10 mil médicos do Movimento Brasil Vencendo a Covid-19”.

Por isso, a reportagem também pediu “[r]elatório, lista ou documento semelhante, em posse do governo, que sustenta a informação de que o “Movimento Brasil Vencendo a Covid-19″ tem pelo menos 10 mil médicos”.

Em 8 de setembro, o Planalto encaminhou o pedido ao Ministério da Saúde.

Depois de pedir uma prorrogação do prazo para atendimento, o Ministério da Saúde informou que a responsabilidade é do Planalto.

“A lista de presença será com o Palácio do Planalto. O movimento Brasil Vencendo a Covid-19 é um movimento de médicos, não tem relação com o Ministério da Saúde”, diz a resposta, enviada na última quarta-feira (7).

Naquele 24 de agosto, dia do evento no Planalto, o Brasil chegou a 115 000 mortes registradas por Covid-19.

Hoje, são mais de 150 000.

Leia mais: Marco Aurélio e o caso André do Rap: como a lei (e a mais alta corte do país) pode ser usada para libertar um criminoso considerado perigoso?
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO