Planalto pediu a ministérios para avaliar proposta de estado de defesa

Planalto pediu a ministérios para avaliar proposta de estado de defesa
Foto: Marcos Corrêa/PR

O Planalto mobilizou diversos órgãos do governo no mês passado para que avaliassem uma representação da associação MP Pró-Sociedade que sugeria a Jair Bolsonaro decretar estado de defesa e intervenção federal em governos estaduais, informa a Crusoé.

O objetivo seria apurar desvios de recursos federais destinados ao combate à pandemia.

Um ofício do gabinete de Jair Bolsonaro, “para conhecimento e providências que julgarem necessárias”, foi enviado aos ministérios da Saúde, Economia e Justiça, à Advocacia-Geral da União, Controladoria-Geral da União e Subchefia de Assuntos Jurídicos da Presidência.

A associação MP Pró-Sociedade é composta por promotores e procuradores alinhados ao bolsonarismo. Na representação, sugeriu que a Polícia Federal, a CGU e o Tribunal de Contas da União investigassem desvios na aplicação de recursos federais.

Leia AQUI a reportagem completa na Crusoé.

Leia mais: Assine a Crusoé e apoie a o jornalismo independente.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO