PLANILHA DE JOESLEY INDICA 10,3 MILHÕES PARA VACCARI

Para complementar o anexo 14, sobre pagamentos de propina a João Vaccari Neto,  Joesley Batista entregou à PGR uma planilha que indica seis repasses num total de R$ 10,3 milhões.

Pelo menos R$ 9 milhões foram pagos em 2012 (quatro repasses em julho e um em outubro), ano eleitoral.

Na tabela, Vaccari é identificado como “Gordo”.

Segundo Joesley, os valores foram entregues ao pecuarista Ivanildo Miranda e operacionalizados por Demilton Antonio de Castro, gerente da JBS.

Na primeira fase de sua delação, Joesley contou que Vaccari ia ao seu escritório com Guilherme Gushiken, filho do ex-ministro Luiz Gushiken.

14 comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200

  1. O China, ex bancario e sindicalista ladrão, gostava mesmo era de fundos de pensão. Expert em assaltar aposentadorias de velhos. Pelo visto quem sai aos seus nāo degenera, tal pai,tal filho

  2. Ja passou da hora de tanto “denuncismo” onde a imprensa podre vende jornal e qualquer imbecil de plantão tenta ridicularizar as instituições!! Até onde vamos? Ate vocês morrerem de fone? Acordem retardados, oligofrenicos, fdp…deixem o país respirar!!! Ou preferem pegar nas armas??? Nos veremos na proxima esquina!! Idiotas!!!