Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

As planilhas da Itaipava

O dono da cervejaria Petrópolis, Walter Faria, entregou à PF planilhas com seus pagamentos a candidatos e partidos, a mando da Odebrecht.

Segundo a TV Globo, “documentos entregues à Polícia Federal pelos empresários Walter Faria e Roberto Lopes indicam o repasse de cerca de R$ 110 milhões a políticos via caixa 3 da construtora Odebrecht.

Roberto Lopes é dono das empresas Praiamar e da Leyroz de Caixas, e Walter Faria, da Cervejaria Petrópolis. As planilhas com os dados foram entregues em setembro.

Enquanto o ‘caixa 2’ consiste em o candidato receber uma doação e não declará-la à Justiça Eleitoral, o ‘caixa 3’, pelo entedimento da PF, consistiu em candidatos pedirem doações de campanha à Odebrecht, e executivos da empresa procurarem outro grupo empresarial para fazer a doação.”

O Antagonista tem em seus arquivos dezenas de posts sobre a cervejaria Petrópolis, fabricante da Itaipava.

Por exemplo:

Lula salvou Walter Faria, o dono da Itaipava, da falência, concedendo-lhe empréstimos escandalosos por meio do Banco do Nordeste.

Mas Walter Faria também salvou Lula.

 Em 2006, Marcos Valério chantageou o PT. Ele queria dinheiro para não envolver Lula no mensalão. Walter Faria apresentou-se, então, como o salvador petista. Ele contratou Marcos Valério como seu consultor, com um salário de 200 mil reais mensais, e instalou-o num escritório ao lado do seu.
Se Dilma Rousseff, em 2014, recebeu dinheiro roubado da Petrobras vindo de Walter Faria, o mérito é de Lula. Se ela for cassada por causa disso, o mérito é, mais uma vez, de Lula.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....