ACESSE

Plano contra nepotismo empaca

Telegram

No início do governo Jair Bolsonaro, a Controladoria-Geral da União regulamentou um decreto presidencial de 2017 estabelecendo procedimentos para “estruturação, execução e monitoramento de programas de integridade em órgãos e entidades do governo federal”.

A Crusoé mostra que quase 30 órgãos federais não entregaram ainda seus planos de integridade pública, com diretrizes para a prevenção de corrupção, conflitos de interesse e outras irregularidades.

“Além disso, 50 repartições do governo não apresentaram um plano para identificar situações de nepotismo, incluindo o Ministério das Relações Exteriores e agências como Anatel e Ancine.”

Leia aqui a íntegra da nota.

Leia mais: Moro exclusivo: 'Um teste moral para o país'

Comentários

  • Irineu -

    Tem uns comunistas safados falando que o general-Dr.-Ministro da Saúde tá fazendo nepotismo só porque nomeou 20 militares e aquela moça lá no nordeste. Ai que que saudade de 1970!

  • Edelson -

    ISSO NÃO VAI ACONTECER NESTE GOVERNO, POIS A HISTÓRIA DO BOLSONARO, SEMPRE FOI A PRÁTICA DO NEPOTISMO.

  • Cris -

    Pq será né?

Ler 36 comentários