Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

PM que prendeu professor por 'Bolsonaro genocida' é afastado da corporação

Segundo a Polícia Militar, o agente envolvido responderá a um inquérito policial
PM que prendeu professor por Bolsonaro genocida é afastado da corporação
Foto: Reprodução/Redes Sociais

A Secretaria de Segurança Pública de Goiás afastou o policial militar que prendeu um professor que se recusou a retirar de seu carro um adesivo com os dizeres Fora Bolsonaro Genocida.

O episódio ocorreu nesta segunda-feira (31) e professor, Arquidones Bites, foi liberado no mesmo dia.

O policial se baseou na Lei de Segurança Nacional para efetuar a prisão.

“O Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Segurança, informa que não coaduna com qualquer tipo de abuso de autoridade, venha de onde vier. Assim sendo, todas as condutas que extrapolem os limites da lei são apuradas com o máximo rigor, independentemente do agente ou da motivação de quem a pratica.”

Segundo a PM, o policial envolvido responderá a um inquérito policial.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO