PMDB x PSDB

Michel Temer quer ser presidente da República e está disposto não só a se distanciar do PT, mas a tomar para o PMDB um papel que historicamente pertence ao PSDB. No caso, o do diálogo com as lideranças empresariais.

Leiam o que a Folha escreveu:

“Produzido com o incentivo de Temer, o documento que resume a nova agenda do PMDB, ‘Uma Ponte para o Futuro’, atribui as dificuldades atravessadas pela economia a excessos cometidos no primeiro mandato de Dilma e defende políticas austeras, incluindo cortes de gastos e uma reforma na Previdência.

Com o documento, o PMDB quer se apresentar a líderes empresariais e formadores de opinião como um partido capaz de formular políticas que tirem o país da crise, invadindo uma seara que era dominada pelo oposicionista PSDB.”

Falta, no entanto, combinar antes com os próprios peemedebistas. Há dentro do partido ainda uma considerável ala governista que não quer distância do PT até consumir o que ainda resta de recurso público em Brasília.

Faça o primeiro comentário