Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Podemos já se prepara para filiar Moro em novembro

Segundo fontes do partido ouvidas por O Antagonista, o ex-juiz da Lava Jato decidiu mesmo colocar seu nome à disposição para a disputa presidencial de 2022
Podemos já se prepara para filiar Moro em novembro
Foto: Adriano Machado/Crusoé

O Antagonista apurou que lideranças do Podemos começaram a preparar o evento de filiação de Sergio Moro (foto) ao partido em novembro.

O ato de filiação, que ocorreria em Brasília, já teria até data, mas a cúpula do partido evita divulgá-la antes de acertar todos os detalhes.

Segundo fontes do partido ouvidas por O Antagonista, o ex-juiz da Lava Jato decidiu que topará, sim, colocar o seu nome à disposição para a disputa presidencial de 2022. Os mais animados dizem que Moro terá palanque garantido em todo os estados e no Distrito Federal, onde o senador Reguffe poderá concorrer ao governo local.

Ainda de acordo com essas fontes do partido, Moro descartou as alternativas que foram apresentadas a ele, como uma possível candidatura ao Senado pelo Paraná. No domingo, publicamos uma entrevista com o senador Alvaro Dias, na qual o líder do Podemos afirmou que abriu mão de uma nova pré-candidatura ao Planalto para “facilitar a decisão” de Moro.

Entre os senadores do Podemos, já é quase unânime a avaliação de que Moro será lançado ao Planalto pela sigla. Antes da visita mais recente do ex-juiz ao Brasil, no fim de setembro, ainda havia muitas dúvidas nesse grupo, como noticiamos. Após as conversas que Moro teve em Curitiba e em Brasília, no entanto, cresceu a percepção no entorno dele de que o projeto presidencial poderia deslanchar.

Diogo Mainardi já escreveu neste site que se, antes de junho de 2022, surgir um nome da Terceira Via mais forte do que o de Moro, capaz de derrotar Lula e Jair Bolsonaro, ele vai renunciar à candidatura e, claro, apoiar esse nome.

Ontem, a presidente do Podemos, deputada Renata Abreu, acompanhou in loco o debate entre os presidenciáveis do PSDB promovido pelo Grupo Globo.

Leia também o artigo de Mario Sabino “O desafio de Sergio Moro”.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO