Podemos quer aumentar a bancada no Senado atraindo Leila Barros

Podemos quer aumentar a bancada no Senado atraindo Leila Barros
Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

A senadora Leila Barros, eleita como Leila do Vôlei, pode deixar seu atual partido, o PSB. O Antagonista apurou que Alvaro Dias, líder do Podemos, se reunirá com ela na próxima semana e uma possível filiação da senadora estará na pauta. Leila já integra o grupo “Muda, Senado”, cuja maioria dos senadores é do Podemos.

O PSB começou a atual legislatura com três senadores: Veneziano Vital do Rêgo, da Paraíba; Leila Barros, do Distrito Federal; e Jorge Kajuru, de Goiás.

Kajuru hoje está no Cidadania e, agora, Leila pode ser a nova baixa da legenda. Em setembro, Veneziano pediu licença do cargo de senador até janeiro do ano que vem, “para tratar de interesses pessoais”.

O presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, disse a este site que só a senadora poderia responder sobre esse assunto.

Em nota, Leila afirmou que, “desde que assumiu o mandato, tem sido procurada por outros partidos para integrar as legendas”.

“Com a diminuição da bancada do PSB na Casa e a movimentação natural dos partidos devido à eleição da nova Mesa Diretora do Senado, os convites se intensificaram nos últimos meses.”

Ainda de acordo com a assessoria, a senadora ainda não tomou a decisão.

Se Leila for para o Podemos, o partido passará a ter 11 senadores — Rose de Freitas continua filiada –, consolidando-se como terceira maior bancada do Senado, atrás somente de PSD (12) e MDB (13).

Leia mais: Saiba na Crusoé sobre os milhões de doláres de Cristina Boner na Suiça, bloqueados pelo MP.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO