ACESSE

"Poderia ter sido eu"

Telegram

Uma estudante de Filosofia da Universidade de Brasília chora na tribuna da Câmara dos Deputados, na sessão solene em homenagem a Marielle Franco. "Poderia ter sido eu. O racismo mata, destrói."

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 75 comentários