Polícia abre inquérito para investigar se houve tiro na Câmara Municipal

O delegado Marco Aurélio Batista abriu inquérito para investigar o suposto tiro que atingiu a vidraça do saguão do quinto andar da Câmara Municipal de São Paulo, registra O Globo.

O caso ocorreu durante um protesto de servidores, ontem à tarde, contra a reforma da previdência municipal. O vereador Fernando Holiday, que estava perto da vidraça, registrou boletim de ocorrência.

A polícia já pediu as imagens gravadas pelas câmeras de segurança do local e vai ouvir testemunhas.

“Tudo indica que houve o disparo de arma de fogo, mas é preciso esperar os laudos do Instituto de Criminalística para ter certeza. Vamos aguardar também as imagens do local”, declarou o delegado.

Comentários

  • Fernando -

    Foi armação do Fernando Feriado. Ainda resta dúvida? Cadê a bala? MBL é uma quadrilha

  • Direitaunida -

    Acho q foi um lápis que jogaram!

  • JOSÉ -

    O assunto é sério mesmo! Quero ver o dia que um grande banco quebrar, depois de capitalizar horrores em prev privada.

Ler 33 comentários