Polícia busca 21 criminosos libertados por Marco Aurélio com base no 'artigo 316'

Polícia busca 21 criminosos libertados por Marco Aurélio com base no artigo 316

Levantamento do Estadão sobre 225 decisões liminares de Marco Aurélio Mello em 2020 indicam que ele beneficiou 92 pessoas, com base no vencimento do prazo de 90 dias para as revisões de prisões preventivas.

Desse total, 21 são criminosos com mandados de prisão em aberto na base do CNJ, incluindo ao narcotraficante André do Rap.

“A situação de 15 desses 21 casos é bastante semelhante à de André do Rap, porque tiveram mandados de prisão expedidos após a liminar de Marco Aurélio ser derrubada. E todos estão nos radares das polícias.”

São investigados – e alguns já condenados – por crimes como tráfico internacional de drogas, estelionato, homicídio qualificado, extorsão e até formação de milícia.

Leia mais: Marco Aurélio e o caso André do Rap: como a lei (e a mais alta corte do país) pode ser usada para libertar um criminoso considerado perigoso?
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 102 comentários
TOPO