ACESSE

Polícia Civil cumpre cinco mandados de prisão por contratos do Iabas nas gestões Crivella e Paes

Telegram

A Polícia Civil cumpre agora de manhã cinco mandados de prisão em operação que apura desvios de R$ 6,5 milhões em contratos do Iabas (Instituto de Atenção Básica e Avançada à Saúde) com a Prefeitura do Rio.

Entre os alvos, estão Eduardo Cruz, ex-controlador do Iabas, e sua mulher, Simone, segundo o G1. O casal já havia sido preso em 2018.

A investigação envolve contratos de R$ 4,3 bilhões firmados nas gestões de Eduardo Paes e Marcelo Crivella. Os envolvidos vão responder por peculato, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha.

O Iabas também é investigado por contratos recentes com o governo de Wilson Witzel, para a instalação e gestão de hospitais de campanha para o enfrentamento da Covid-19.

Leia mais: Moro exclusivo: 'Um teste moral para o país'

Comentários

  • Paulo -

    ROUBAR DE MORTOS, DOENTES, EM LUTO, TEMOS QUE REINICIAR, DEU ERRADO, CRIARAM LEI PRA ROUBO, PRA OBSTRUIR JUSTIÇA, E TEM QUEM DEFENDA.

  • Sonia -

    Nossa o bispo terrivelmente evangélico também ??

  • Paulo -

    Mais qual a novidade? O rio de janeiro sendo o rio de janeiro.

Ler 24 comentários