Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Polícia Civil do DF indicia Frederick Wassef por injúria racial

Polícia Civil do DF indicia Frederick Wassef por injúria racial
Foto: Adriano Machado/Crusoé

A Polícia Civil do Distrito Federal indiciou Frederick Wassef, ex-advogado da família de Jair Bolsonaro, pelo crime de injúria racial contra uma funcionária de uma pizzaria em Brasília

O caso ocorreu em novembro do ano passado, e as investigações foram concluídas na última semana. A garçonete Danielle da Cruz de Oliveira, de 18 anos, acusou Wassef de chamá-la de “macaca” e dizer “você come o que te derem!” após reclamar de uma pizza.

De acordo com a Polícia Civil, o advogado foi intimado a depor durante a apuração, mas a defesa alegou que ele estava em São Paulo e por isso, não compareceu.

O inquérito foi concluído com o depoimento de Danielle e de outras três testemunhas que também trabalhavam na pizzaria.

Em nota, Wassef afirma não ter sido informado sobre o indiciamento e diz ser alvo de denunciação caluniosa. “Não ofendi a funcionaria do Pizza Hut e ela não é negra. Ela se fez passar por negra e mentiu sobre tudo o que disse.”

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO