Polícia Civil do Rio pode ficar sem sistema

A qualquer momento, o sistema de processamento de dados da Policia Civil do Rio pode sair do ar.

O contrato com a Prol, empresa responsável por esse serviço, venceu em março e o governo estadual ainda não o renovou.

Se isso ocorrer, os policiais não conseguirão registrar as ocorrências e ficarão sem acesso ao banco de dados sobre suspeitos e presos.

Faça o primeiro comentário