Polícia contra Polícia

O procurador-geral eleitoral do Rio, Sidney Madruga, também oficiou o superintendente da PF, Mario Semprine, para que esclareça a busca e apreensão contra o delegado Paulo Cassinado, acusado por Garotinho de manipular a investigação do ‘Chequinho’.

Madruga quer saber, ainda, sobre a ida de Garotinho à Superintendência da PF no Rio, antes de sua prisão.

Faça o primeiro comentário