ACESSE

Polícia faz reconstituição da morte do miliciano Adriano

Telegram

A Polícia Civil da Bahia iniciou na manhã deste domingo a reconstituição da morte do miliciano Adriano da Nóbrega, na zona rural da cidade de Esplanada.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública, cerca de 50 policiais participam da reprodução simulada.

Adriano foi morto em confronto com policiais militares em 9 de fevereiro deste ano.

Na ocasião, a SSP-BA informou que o miliciano foi encontrado no imóvel de um sítio por equipes do Bope, da Companhia Independente de Policiamento Especializado Litoral Norte e da Superintendência de Inteligência da Bahia.

No momento do cumprimento do mandado de prisão, Adriano resistiu com disparos de arma de fogo e terminou ferido pela polícia. Ele chegou a ser socorrido para um hospital da região, mas não resistiu aos ferimentos, segundo a SSP-BA.

Leia mais: Comprovação do elo entre a Presidência da República e o gabinete do ódio complica Bolsonaro. Clique e leia

Comentários

  • Eduardo -

    Onde estão os celulares apreendidos com Adriano?

  • CELSO -

    Pelo visto esse assunto causa arrepios aos bolsolulistas, mais ainda à família BolsoPTraidor.

  • JONTATHAS -

    É a nata da sociedade carioca, vai participar da reconstituição também. Ou o STJ já deixou eles de fora outra vez? Como dizem... Morto não fala.

Ler 46 comentários