ACESSE

Polícia prende condenado por mandar matar Dorothy Stang

Telegram

A Polícia Civil do Pará prendeu hoje o fazendeiro Regivaldo Pereira Galvão, o Taradão, condenado como mandante da morte da missionária americana Dorothy Stang, informa a Folha.

O crime ocorreu em um assentamento rural em Anapu, a 681 km da capital paraense, Belém, em 2005.

Condenado a 25 anos de prisão, Taradão havia sido solto por decisão de Marco Aurélio Mello. Em fevereiro, porém, a Primeira Turma do STF revogou a ordem do ministro e determinou que o fazendeiro fosse preso de novo.

Janaina: 'O Brasil ainda está carente de democracia'. MAIS AQUI

Comentários

  • William -

    Ainda tenho esperanças que prendam os mandantes dos assassinatos de: Celso Daniel, Marieli, Toninho do PT e da tentativa de assassinato do Bolsonaro. Crimes contra a vida devem ser PUNIDOS com rigor!

  • Maria -

    Pode, uma justiça dessas?? Um pouco tarde, não? Uma vergonha!!

  • Oscar -

    AGU? é isso mesmo? A PGR não? Sabemos o que irá acontecer...

Ler 21 comentários