Polícia prende funcionária do Carrefour que filmou espancamento de João Alberto

Polícia prende funcionária do Carrefour que filmou espancamento de João Alberto
Foto: Reprodução

A Polícia Civil prendeu Adriana Alves Dutra, funcionária do Carrefour que gravou, do celular, o espancamento de João Alberto Silveira Freitas em Porto Alegre.

Os investigadores suspeitam que ela teve participação decisiva nas agressões, porque teria comando sobre os seguranças — ela é agente de fiscalização na loja.

No momento em que João Alberto recebia socos, ela aparece gravando a cena de perto. No total, sete pessoas são investigadas no caso.

Além de Adriana, estão presos os seguranças Magno Braz Borges, de 30 anos, e Giovane Gaspar da Silva, de 24, que também é PM temporário.

Leia mais: A revista que fiscaliza TODOS os poderes e conta com os melhores colunistas do Brasil.
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 42 comentários
TOPO