Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Polícia tenta prender miliciano Adriano da Nóbrega

A Polícia Civil da Bahia fez uma operação nesta sexta-feira para prender o ex-capitão da PM Adriano da Nóbrega, acusado de comandar uma milícia no Rio de Janeiro.

O miliciano, que está foragido há mais de um ano, é citado também na investigação sobre a suposta “rachadinha” no gabinete de Flávio Bolsonaro, ainda quando o atual senador era deputado estadual na Alerj. Adriano teve duas parentes nomeadas pelo filho de Jair Bolsonaro.

Segundo a Veja, a ação ocorreu numa casa localizada em condomínio fechado na Costa do Sauípe.

“Nóbrega não foi encontrado. No local, estavam apenas a sua mulher, Júlia Mello, e as duas filhas de 17 e 7 anos.”

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO