ACESSE

Polícia vai investigar morte de delator da Odebrecht

Telegram

A Polícia Civil do Rio vai investigar a morte de Henrique Valladares, o delator da Odebrecht que acusou Aécio Neves e Edison Lobão, informa a Crusoé.

Valladares foi encontrado morto ontem em seu apartamento no Leblon –e, como já publicamos, o IML disse que a causa da sua morte é “indeterminada”.

Leia a reportagem:

Polícia investiga morte de delator da Odebrecht

Lanchas, helicópteros, mansões: parte disso, segundo a PF, é fruto de assalto aos cofres públicos promovido por uma das famílias mais influentes da política brasileira. Saiba tudo

Comentários

  • André -

    Será q ja esqueceram q o Henrique Valadares tbm delatou o DIOGO MAINARDI, do O Antagonista? Afirmou que o Diogo Mainardi participava dos jantares onde era negociado as propinas para o grupo do Aécio

  • Vil -

    Para lembrar: não foi o Aécio que disse numa gravação com o JBS que um tal lá seria fácil de mandar matar? Vai ver que é por aí que começou a liquidação da fatura.

  • MOACIR -

    Deveriam colocar a Policia federal neste caso, esta cheirando a queima de arquivo ou vingança.

Ler 40 comentários