POLICIAL PEDE AO STF ANULAÇÃO DA MÉTIS

O G1 informa que o policial legislativo Antônio Tavares dos Santos Neto, preso e solto na sexta-feira, recorreu ao STF para tentar anular a Operação Métis, que apura ação da Polícia do Senado para obstruir as investigações da Lava Jato.

A defesa de Neto alegou que a investigação, no âmbito da Justiça Federal, avançou sobre a competência do Supremo ao investigar varreduras policiais solicitadas por senadores em escritórios privados e residências.

Tem ministro do STF favorável a essa tese.

Faça o primeiro comentário