Políticos acima dos ‘mortais’

Aristides Junqueira, advogado do PP, continua em defesa do não afastamento de parlamentares sem aval da Casa Legislativa:

“Não se argumente que isso pode gerar impunidade ou que isso peca contra o princípio da isonomia. Ora, o parlamentar está no Congresso Nacional porque ali está em nome do povo. Ele tem mandato popular.”

Junqueira acrescentou que os políticos não têm uma profissão como a dos “mortais”.

“Não se trata de impunidade. Trata-se de respeito ao voto do povo.”

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler comentários
  1. Roque disse:

    Que alegação mais discrepante! O parlamentar atual não deveria nem mesmo ter salário. Caso isso acontecesse, daí sim ele poderia alegar que ali estava em nome do povo e legislando para o povo. Esses políticos são uma aberração.

  2. Ines é viva disse:

    Brasília é de dar vômitos em nós, simples mortais!

  3. João Lauro disse:

    D. Pedro II nasceu no Brasil, no interior do estado do Rio de Janeiro, em 1825, fruto da união das casas aristocráticas de Bragança (à qual estavam vinculados seu pai e seu avô, D. João VI) e de Habsburgo. A essa última pertencia sua mãe, a arquiduquesa da Áustria e imperatriz do Brasil, Maria Leopoldina. A preparação de Pedro II para assumir o trono de imperador do Brasil começou ainda muito cedo, quando ele estava prestes a completar seis anos de idade, em 1831. Até 1841, o Brasil foi administrado por regentes que procuravam cumprir as diretrizes políticas imperiais até o momento em que Pedro II estivesse apto para assumir o trono. Dom Pedro II, o último imperador do Brasil, exerceu um longo reinado, que se estendeu de 1841 a 1889. A garantia da integração territorial nacional e o fortalecimento do Exército Brasileiro ocorreram sob o reinado de Pedro II. Senhores comandantes das FFAA, devolva-nos a forma de governo monárquico! Ninguém suporta mais esta república podre e corrompida, esta Cleptocracia! Assistir estas sessões do STF na TV é como assistirmos a "Escolinha do Professor Raimundo" e seus diálogos com seu aluno Rolando Lero! Estes Juízes do STF não nos representam!

    1. Rolando Lero - Por que o bispo Sardinha foi comido pelos índios? Por que o Aécio foi comido pela Primeira Turma e absolvido pelo Plenário do STF? NARCÓTICOS E O NAUFRÁGIO DA REPÚBLICA , DO JUDICIÁRIO E DA POLÍTICA BRASILEIRA. https://www.youtube.com/watch?v=yimKlDM836E

  4. Divergente disse:

    Porém, se na propaganda eleitoral nos enganou com mentiras, enganando, ludibriando e mesmo usando das benesses da corrupção para alavancar a candidatura, posso ainda considerar que foi eleito pelo povo e está acima dos eleitores enganados?

  5. Paulo Lima disse:

    Começo a achar que, por pior que possa ser uma intervenção militar, é a único jeito de tirar essa organização criminosa do Congresso.

  6. José Alberto de Paiva Aguiar disse:

    O STF tem de respeitar o voto popular. O voto popular é que não precisa ser respeitado pelo político eleito. Provavelmente o povo votou nos políticos para que eles saqueiem o estado. Lei é para os eleitores, para os eleitos o céu é o limite.

  7. Marcos Silva disse:

    Ah.... entendi! O "voto" do povo precisa ser respeitado! Já respeitar o "povo".... ahh, bem, não vem ao caso.

  8. Sergio disse:

    Reitero o que já falei aqui outro dia. Eles estão implorando por uma revolução. Muita gente ainda guarda seus rifles em casa e muita gente (eu incluso) está disposta a ir até Brasília se chamado. Se as coisas continuarem a seguir por esse caminho, não vai demorar muito até o povo invadir aquela joça.

  9. O Dogma disse:

    “Não se trata de impunidade. Trata-se de respeito ao voto do povo.” Interessante, não? Quando é a respeito do povo, não se vê respeito nenhum por parte dos "eleitos" que se vêem e concebem como "ungidos" e intangíveis. Não passam de palhaços que contam com a sorte do povo ser muito frouxo e conivente.

  10. MAFRA disse:

    TODOS TEM PROFISSAO SIM NA SUA MAIORIA SÃO EMPRESSARIO, MAS GOSTAM MESMO E DE ROUBAR O DINHEIRO PÚBLICOS...

  11. pitico disse:

    E o voto popular vem do povinho analfabeto político, dos povinho analfabeto dos currais eleitorais, do povinho analfabeto que apenas reclama e fica esperando um "herói" para lhe salvar sem ter consciência de que nessa batalha de mocinho e bandido o herói tem que ser ele, mas prefere ignorar.

  12. Esse aí é Parte do Esquemão PETISTA ! disse:

    Aristides Junquêra ?!! MESMO ?!!! === PAPAGAIO do "LULADRÃO é a SOLUÇÃO" !?!!

  13. antonio junior disse:

    Ah, então ele quer dizer que, se o político em quem eu votei se revelar um criminoso, eu tenho que ser respeitado por supor, a "excelência", que eu queira que ele seja mantido no cargo. Isso é real????? Deixa eu me beliscar ....

  14. Errol Barbosa disse:

    O POVO QUER QUE ESSES POLITICOS SAIAM TODOS! NÃO VEM COM ESSE MIMIMI! CARA DE PAU! INTERVENÇÃO MILIATR JÁ! STF VERGONHOSO!

  15. Escravos de impostos disse:

    Sempre desconfiei nessa CLEPTOCRACIA que os politicos estão acima de nós, escravos de impostos. Agora FINALMENTE veio a confirmação em pleno STF. Não poderia ser em um local mais adequado!